Sette Câmara larga em oitavo após erro na definição do grid do Barein

• por
Sérgio Sette Câmara em testes para F2 (3) Sérgio Sette Câmara em testes para F2 (3)

O oitavo lugar na sessão que definiu o grid da etapa de abertura da F2, no Cicuito de Sakhir, no Barein, é um resultado bem abaixo do esperado por Sérgio Sette Câmara, da DAMS.

 “Mesmo com o erro de estratégia da equipe, não deixar um jogo de pneus novos para os instantes finais do treino, ainda assim seria possível largar entre a segunda e a quarta colocação”, disse o piloto.

E admitiu: “Fiquei em oitavo porque errei na curva 1 na melhor volta do pneu, freando um pouco tarde, o que comprometeu a curva 2 também, uma encostada na outra”.

Sérgio registrou 1min41s310. A pole position ficou com o italiano Luca Ghiotto, da UNI-Virtuosi, 1min40s504, o segundo tempo com o suíço Louis Deletraz, da Carlin, e o terceiro com o holandês Nyck de Vries, ART. O companheiro de Sérgio, o canadense Nicholas Latifi, foi quarto.

 “Não posso me abater”, comentou o piloto mineiro. “Temos ainda todo o fim de semana pela frente. Foi importante ver que entre os testes da pré-temporada e agora conseguimos melhorar a performance do carro na classificação. Não daria para chegar no Ghiotto, o tempo dele na pole é bem melhor que o do segundo colocado (367 milésimos), mas o segundo, terceiro ou quarto tempo, como mostrou o meu parceiro, daria”.

Nos testes da F2 em Jerez de la Frontera e Barcelona, os carros da DAMS se mostraram muito rápidos em condição de corrida. Cenário da prova deste sábado, em 32 voltas ou uma hora de duração. A largada será às 7h10, horário de Brasília, 13h10 local. Tradicionalmente trata-se de uma competição com muitas alterações na classificação, em especial nas voltas finais.

O asfalto dos 5.412 metros, 15 curvas, da pista localizada no meio do deserto, é bem abrasivo. Apesar do pit stop obrigatório nessa corrida, a administração dos pneus é sempre um desafio, especialmente com o esperado aumento da temperatura para amanhã. A Pirelli distribuiu pneus duros e macios.

 “A meta é somar o máximo de pontos possível, me manter longe de confusões na pista para na corrida do domingo, de novo, levar muitos pontos para casa. Fui o mais rápido no primeiro treino livre, sem tanto esforço, meu companheiro vai largar na segunda fila, em resumo, temos um bom carro. Minha função é fazer tudo encaixar. Não correspondi hoje, mas tenho como me recuperar”.

Os primeiros colocados no grid foram os esperados depois do que os 20 pilotos das 10 equipes apresentaram nos treinos da pré-temporada, na Espanha. As surpresas foram o oitavo tempo de Sérgio e o décimo de Michael Schumacher, estreante na competição, piloto da Prema. Ele é o filho de Michael Schumacher e vem de ser campeão na conceituada F3 europeia. Sérgio e Mick estiveram dentre os mais rápidos nos testes.

O programa da F2 prevê, ainda, uma segunda corrida no domingo, com largada às 8h15, horário de Brasília, em 23 voltas e, em geral, sem pit stop. O desafio de administrar os pneus será ainda maior, pois a competição começa no horário local às 14h15, quando as temperaturas são as mais altas.