Fim do DPVAT 2020 é suspenso. O que muda no seguro?

Quem quer ficar protegido pode encontrar algumas opções de coberturas nos seguros de vida ou automóvel

• por
fim do dpvat fim do dpvat

O pagamento do seguro DPVAT, que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, ainda não deixou de ser obrigatório. A medida provisória, que extinguia o pagamento do seguro DPVAT e que foi emitida pelo presidente Jair Bolsonaro, foi suspensa pelo Supremo Tribunal da Justiça

Para entender melhor: O DPVAT cobre todos os motoristas ou pedestres que se envolverem em um acidente de trânsito no Brasil e precisarem de assistência médica ou de indenização por morte ou invalidez permanente. Aliás, essas são as três “coberturas” que o DPVAT garante. Clique aqui se quiser saber mais sobre o que é o Seguro DPVAT e para que ele serve. Com isso, o DPVAT volta a ser obrigatório e precisará ser pago junto com o IPVA ou quando chegar a data de fazer o licenciamento do veículo.

Seguro auto substitui o DPVAT?

Na prática, não existe um substituto exato caso o fim do DPVAT seja definitivo. Mas você pode encontrar algumas alternativas entre as opções de coberturas dos seguros auto e seguros de vida. Quem tem carro ou moto pode buscar seguros que tenham cobertura para danos a terceiros envolvidos em um acidente.

Por exemplo: se um pedestre é atropelado, ele só receberá uma indenização caso o motorista do carro tenha contratado no seguro alguma cobertura para danos corporais a terceiros. E se rolar um acidente e um passageiro se ferir ou falecer, ele só recebe se o dono do carro tiver a cobertura de Acidentes de Passageiros – que também vale para o motorista em caso de morte ou invalidez permanente.

Então, se você é motorista e já tem um seguro auto, pode dar uma olhada no seu contrato pra conferir se realmente possui esse tipo de cobertura. Essas seriam as alternativas para garantir a proteção de uma outra pessoa se você causasse um acidente de trânsito. Se quiser adicionar algum desses serviços no seu seguro auto, é só fazer uma alteração no seu contrato, ou seja, um endosso (clique aqui para saber como funciona). Você também pode fazer uma simulação de seguro auto online agora.

Fim do DPVAT: Como se proteger em caso de acidentes

Para pedestres e passageiros que não têm carro ou moto, existe outra maneira para ficar protegido em caso de acidentes de trânsito, que seria contratar um seguro de vida para receber a indenização em casos de morte ou invalidez e um plano de saúde, para cobrir as despesas com médicos e hospitais. Aqui na Youse, a cobertura para Acidentes de Passageiros também pode cobrir as despesas médicas e hospitalares de passageiros de um carro que sofreu acidente.

Com essas coberturas, o seguro de vida consegue cumprir um papel parecido com o do DPVAT. Por exemplo: se você estiver segurado e sofrer uma morte acidental no trânsito, os beneficiários que escolheu recebem uma indenização, que também é definida por você no momento em que contratou o seguro. Com o DPVAT, apenas familiares ou herdeiros legais têm direito a receber uma indenização de valor fixo. 

Agora você já sabe como ficar numa boa mesmo se o seguro DPVAT deixar de ser obrigatório, o que ainda está em debate. Além de continuar protegido com os serviços da Youse, aqui você monta um seguro do seu jeito e paga só pelo que escolher. Se quiser saber mais sobre a gente, clique aqui!

Imagem ilustrativa

Simulação de Seguro Auto

Aqui na Youse você contrata só os serviços que precisa e que cabem no seu bolso. Além de o seguro ser totalmente personalizável, você faz tudo 100% online, rapidinho e na palma da mão.

Fazer cotação
Youse - Caixa Seguradora