Isso é o que você precisa saber sobre películas para carros

• por

Antes de aplicar películas para carros no seu veículo, é preciso saber qual delas é a melhor, para que ela serve e se ela está dentro dos conformes, né? A gente conversou com a Martha Iatarola, gerente de produto de películas para Vidro da 3M, pra te dar dicas valiosas.

Vamos começar pelo nome: Insufilm é uma palavra com marca registrada de uma das empresas que fazem películas. O nome mais comum, mesmo, é “película escura”, “película de controle solar” ou apenas “películas para carros”. “Elas são um tipo de tratamento para vidros automotivos ou edificações, projetadas para repelir o calor e reduzir a entrada dos raios ultravioletas. Além disso, dão maior conforto térmico, economia de energia em edificações, privacidade, estética, proteção contra desbotamento e proteção contra estilhaçamento”, explica Marta.

VEJA+: Os 10 carros zero km mais baratos do Brasil em 2019

Existem também muitas tonalidades e é importante saber que, desde a resolução nº 254, de 26 de outubro de 2007, existe um índice de transmissão luminosa para o seu carro: “75% para o para-brisas, 70% para os vidros laterais dianteiros, 28% para os vidros laterais traseiros e vidro traseiro. Além disso, proíbe a aplicação de películas refletivas”.

Ou seja, dentre as películas para carros, a chamada G5 – que transmite apenas 5% de luminosidade – está proibida por lei, viu? A G20 também. Para saber certinho, é só ficar de olho na própria especificação. Por exemplo: o uso da G35 é legal porque tem 35% de visibilidade, a resolução estabelece que o mínimo seja 28%.

Já levou seu celular para aplicar película? O processo de instalação é sempre bem parecido, mas o mais importante é ter um profissional que faça esse serviço, para que não fique bolhas ou resíduos no meio. Do contrário, pode reduzir a durabilidade – que costuma ser até 15 anos em boa qualidade – atrapalhar a sua visão e não exercer a função corretamente, como te proteger do sol e de alguma rachadura no vidro.

VEJA+: Guia do IPVA 2019 – Saiba quando, onde e como pagar o imposto
VEJA+: Conheça a assistência Youse para Vidros

Após a aplicação das películas para carros, é indicado esperar até 72 horas para se certificar de que está totalmente seco e não ligar o ar-condicionado para não alterar a temperatura do vidro, pois isso também pode causar bolhas. A manutenção é bem simples, viu? Apenas passar um espanador ou um pano seco e evitar usar detergente ou álcool, já que produtos químicos podem manchar.

Como saber a hora de trocar? Geralmente a parte que tem mais exposição ao sol e à chuva podem ficar com uma coloração diferente. Riscos e descolamento também são sinais de que é bom encomendar uma nova aplicação.