Tabela FIPE: por que consultá-la?

Ela influencia no valor de compra e venda de veículos e também no preço do seu seguro.

• por
Getty Images

Se você ainda não ouviu falar dela, vai ouvir quando for procurar um carro para comprar, vender ou até na hora de fechar um seguro auto. Isso porque a Tabela FIPE é uma tabela de valores médios de todos os modelos de carros vendidos no Brasil e é tida como a principal referência. 

 

De boa, né? Mas ficou curioso sobre o significado da palavra? Pois é uma sigla para “Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas”, uma organização parceira do departamento de economia da FEA-USP. Elas são as instituições responsáveis por fazer diversas análises de pesquisas econômicas e sociais, que ajudam a criar o padrão nacional dos preços de carros no país.

 

Leia+ IPVA 2022: por que ficou mais caro?

Leia+ Como financiar um carro: dicas para um bom negócio

Para que você não fique perdido quando precisar dela, criamos um pequeno guia de como consultar a Tabela FIPE. Se liga! 

 

Por onde começar a consultar a tabela FIPE?

 

Você pode consultar a tabela FIPE e os valores dos carros no próprio site da FIPE. É bem simples, viu? Na opção “Consulta de Carros e Utilitários Pequenos” é só preencher os campos de acordo com os seus interesses: o período, a marca, o modelo e o ano. Pronto! 

 

E se você preferir, também é possível baixar o aplicativo e ver numa boa pelo seu celular. #FicaDica

 

Interpretando os preços dos carros

 

Como vimos até aqui, a Tabela Fipe traz os preços dos carros vendidos no Brasil e serve de guia. Mas esses valores não correspondem necessariamente ao valor final, principalmente em carros usados. De acordo com a equipe da Tabela Fipe: “não são considerados [no valor] quilometragem, pinturas especiais, opcionais e estado de conservação em geral”. 

 

Isso significa que ela mostra pra gente o valor de base. Então, na hora de vender ou comprar o seu possante, fique ligado: é possível negociar tendo em vista todas essas variações que não estão previstas!

 

Mas… E o seguro?

 

Bom, o valor do seguro do seu carro tem como base também a Tabela FIPE, para ter uma referência de como calcular o valor da indenização, por exemplo. Mas vale lembrar de um ponto: ela é atualizada mensalmente. Isso significa que se tiver alguma variação no preço do carro, isso vai refletir em quanto você paga pelo seguro.

 

Como funciona na Youse

 

Aqui na Youse, você pode ficar numa boa! As coberturas de batida com perda total, roubo, furto e eventos naturais, como incêndio e alagamento, são de 100% do valor do seu carro – de acordo com a Tabela FIPE no mês da indenização. Ou seja, se  você passou por um incidente desses em junho e recebe a indenização em agosto, o valor a receber é referente ao preço total do seu carro, de acordo com a tabela de agosto. Assim, você não precisa passar nenhum perrengue até nesses casos mais graves, né? 

 

Mas, com a gente, dá pra simular um Seguro Auto só com as assistências e coberturas que cabem no seu bolso. É isso mesmo: #TipoVc! Ah, e se precisar, vc também pode alterar quando quiser. 😉

 

Agora você já sabe como usar a Tabela Fipe a seu favor, né? Seja na hora de negociar a troca de um carro ou até para entender o porquê de algumas variações nos preços para a manutenção do seu possante.

 

Texto: Deborah Ponciano. Adaptação: Letícia Ronche