Você sabe quais são as diferenças entre direção elétrica e hidráulica?

Ambas te permitem dirigir numa boa, deixando o volante mais leve, mas você sabe como cada uma funciona? Descubra já!

• por
Diferenças direção elétrica e hidráulica Diferenças direção elétrica e hidráulica
Getty Images

Se você já pegou um carro antigo de direção mecânica, percebeu que o treino de superiores já estava pago só de dar a volta em um quarteirão, né? Hoje em dia é raro encontrar um carro com a direção raiz. O que mudou desde então? O surgimento das direções hidráulica e elétrica.

Em resumo, as duas direções funcionam como uma assistência para diminuir o esforço manual no volante. Mas quais são suas particularidades? Conversamos com Carlos Rodrigues, professor do departamento de Engenharia Mecânica da FEI para entender isso de vez. Se liga abaixo!

Leia+ Tipos de câmbio: quais são e como funcionam

Leia+ Como fazer ajustes no carro para garantir conforto e segurança

Sobre as diferenças entre direção elétrica e hidráulica

A diferença está apenas na forma com que cada uma trabalha para facilitar o esforço na hora de dirigir. “O que o condutor quer é o volante leve e tanto a assistência hidráulica quanto a elétrica vai oferecer isso”, esclarece o professor. E acrescenta que é bem difícil notar a distinção entre os dois somente dirigindo. No geral, só sabe-se que o carro tem a direção hidráulica quando faz um barulho característico ao chegar ao limite do esterço do volante.

Mas, então, o que é a direção hidráulica?

A direção hidráulica vai trazer essa facilidade na movimentação do volante a partir do uso de óleo. E isso já serve de alerta para quem tem o possante com essa assistência: “onde tem óleo sempre pode ter vazamento”, explica o professor. Por isso, quem tem carro com a direção hidráulica deve ficar sempre de olho no nível do óleo e atento para identificar possíveis vazamentos o quanto antes. #FicaDica

E a direção elétrica?

A direção com assistência elétrica tem ganhado cada vez mais espaço nos últimos cinco anos, por toda a sua praticidade. Carros com esse tipo de direção, vão ter o volante leve graças a um motor elétrico. O ponto de atenção aqui são os sensores, “é preciso mantê-los limpos para garantir a melhor performance da assistência elétrica”, alerta Carlos. Entretanto, o risco de ter algum problema com o sistema elétrico é bem menor do que com o hidráulico.

Uma assistência é melhor que a outra?

No geral, não! Tanto a hidráulica quanto a elétrica vão deixar o volante leve e facilitar a sua vida para dirigir numa boa. Você só vai perceber a diferença se tiver alguma questão de manutenção, como um vazamento de óleo na direção hidráulica ou algum mau contato na direção elétrica. No fim, o importante é ter uma assistência. “Ambos os sistemas são muito robustos, nunca vi um recall de sistema direcional”, comenta o professor Carlos.

Youse ao seu lado para dirigir numa boa

Independentemente da assistência da direção do seu carro, elétrica ou hidráulica, você pode contar com o Seguro Auto Youse para ficar numa boa. Aqui você monta o seguro do seu jeito, escolhendo as coberturas e assistências que fazem sentido pra você e só paga por elas.