Coleta seletiva em casa: você faz?

• por

A Youse se preocupa com você. E se preocupa também com o meio ambiente. A gente sabe que a quantidade de lixo gerada hoje em dia não é nada sustentável. Então apostamos também em meios alternativos, como a coleta seletiva e a reciclagem, pra ajudar a deixar o mundo numa boa.

Aqui na Youse, o lixo tem destino certo e o que pode ser reciclado também. E na sua casa, você separa o lixo? É bem fácil! Depois que você se acostuma, acaba fazendo parte do seu dia a dia.

Primeira lição: aprender a distinguir o que pode ser enviado à coleta seletiva e o que não pode. Anota aí uma dica simples: lixo seco e limpo é reciclável. Lixo molhado e sujo não – esse é chamado de lixo orgânico.

Pode ser necessário também dividir o lixo reciclável em categorias. Isso porque muitos postos de coleta seletiva recebem materiais diferentes: postos só para papel, outros só para plásticos, alumínio etc. As categorias são as seguintes: papel e papelão, plástico, vidro e metal.

Em algumas cidades, basta separar o lixo em duas classes: recicláveis e orgânicos. Aí, a prefeitura fornece um caminhão de lixo para coletar os recicláveis e outra para os orgânicos. Você só vai precisar ficar ligado no horário do caminhão para colocar a sacola certa na calçada. Ah, muitos prédios também já usam lixeiras próprias para cada tipo de material. Se o seu é assim, ótimo! Se não é, leve a sugestão para eles 😉

Fique ligado também nos tipos de lixo que precisam de descarte especial, como pilhas e baterias, eletrônicos, materiais de construção, medicamentos, óleo de cozinha e resíduos perigosos. É importante descartar certinho cada tipo de lixo para evitar que eles acabem indo para rios e mares.

É legal se ligar também no tipo de produto que você anda consumindo. Ele gasta muita embalagem? É feito corretamente, sem testes em animais e sem trabalho escravo? O material da embalagem pode ser reciclado? Tudo isso contribui pra deixar o mundo melhor. Topa o desafio? Então vem com a gente! 😉