Dia Nacional do Fusca: conheça 5 curiosidades sobre o clássico

Saiba mais sobre a criação e trajetória do carro mais popular do Brasil

• por
Imagem: Pixabay

Ele foi personagem icônico de diversos filmes, apareceu na capa do álbum mais famoso dos Beatles e ocupou a garagem de milhares de brasileiros durante décadas. Por isso, nada menos do que o merecido: em 20 de janeiro é comemorado o Dia Nacional do Fusca. Em homenagem a esse clássico da Volkswagen que fez tanto sucesso no mercado, separamos 5 curiosidades sobre o Fusca e sua trajetória no Brasil.

Saiba+: Dia da velocidade: quais são os carros mais rápidos do mundo?

Saiba+:Os 5 carros mais famosos do cinema

Modelo de protótipo em 1936. Na época, Adolf Hitler (1889-1945) queria industrializar a Alemanha. | Imagem: GettyImages

Seu criador é Ferdinand Porsche. Sim, o mesmo da marca de superesportivos

No início da década de 30, Ferdinand Porsche desenvolveu o primeiro projeto do Fusca na sua própria garagem, em Stuttgart, na Alemanha. A criação de um modelo resistente e econômico foi, à princípio, um pedido do governo alemão. Alguns anos mais tarde, Ferdinand Porsche se tornaria também o fundador da marca de esportivos que leva seu nome até hoje.

Ferdinand Porshe apresenta um modelo Volkswagen no aniversário de 49 anos de Hitler. | Imagem: GettyImages

Foi um dos modelos que iniciaram as operações da Volkswagen no Brasil

Em 1953, o Fusca inaugurou as operações da marca alemã no Brasil junto com a Kombi. No começo, ele era montado com peças importadas em um galpão no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Foi só a partir de 1959 que o Fusca brasileiro começou a ser fabricado, já na unidade Anchieta, no ABC Paulista. E não é por acaso que o Dia Nacional do Fusca foi criado: o sucesso foi tanto que o modelo teve mais de 3,1 milhões de unidades vendidas no Brasil.

Ao longo dos anos, ele foi equipado com diferentes versões do motor de quatro cilindros refrigerado a ar. O câmbio continuou como manual de quatro marchas e a tração, traseira. Só o tamanho do motor que evoluiu: primeiro de 1.2 para 1.3 e depois, ganhou versões 1.5 e 1.6. 

A montadora fez propagandas para anunciar o início da produção aqui na BR, dando o nome de Volkswagen Sedã. | Imagem: FOLHA

Dia Nacional do Fusca: o nome original aqui era diferente

Fusca, na verdade, foi o apelido carinhoso que os brasileiros deram ao original Volkswagen Sedan. Até que o nome foi substituído oficialmente em 1983, 30 anos depois do início de sua montagem por aqui. Ao redor do mundo o carro também foi batizado de várias formas diferentes: Käfer, Coccinelle, Escarabajo, Maggiolino, Beetle, Bug, Huevito, Dak Dak e por aí vai. O nome do primeiro projeto, no entanto, era apenas Volkswagen – que significa “Carro do Povo“ em português.

Ele foi embora e depois voltou… também a pedido de um presidente

Mesmo com tanto sucesso, a Volkswagen pausou a produção do Fusca no Brasil em 1986. Mas ele voltou em 1993, a pedido do então presidente. A ideia era estimular a economia com a criação de empregos e o aumento da produção de automóveis, além de oferecer (novamente) uma opção de carro popular para os brasileiros. A nova fase do Fusca não durou muito. Depois de 3 anos do seu retorno ao país, o clássico foi retirado de linha. A produção do Fusca original ainda continuou no México, quando o modelo saiu definitivamente de linha, em 2003.

Em 1993, a Volkswagen anuncia a volta do Fusca. | Imagem: FOLHA

O Fusca teve uma série especial de despedida e ganhou um sucessor

Só que a despedida do carro mais popular do Brasil não poderia passar em branco, né? Pra comemorar sua última série de fabricação, a Volkswagen lançou 1.500 unidades do Fusca Série Ouro. A versão especial conta com estofamento interno “emprestado” do Pointer GTI, desembaçador traseiro, faróis de milha, painel com fundo branco e vidros verdes. Inclusive, a série especial pode ser encontrada até hoje em sites de compra e venda de carros.

Pouco depois, em 1998, a Volkswagen lançou o New Beetle no mercado como uma reedição do antigo Fusca. O modelo manteve o visual retrô, mas foi fabricado na plataforma do Golf. Já em 2012, foi lançada a segunda geração do New Beetle com a mesma inspiração no modelo original, só que com visual e conjunto mecânico mais esportivos. No fim de 2017, o “Novo Fusca” saiu de linha no Brasil. 

Mais recentemente, no final de 2019, a Volkswagen americana também lançou um vídeo de despedida da nova geração do Fusca, conhecido nos Estados Unidos como “Beetle”. Confira: