Perigos para crianças: como deixar a casa mais segura

• por

Para quem tem crianças em casa, todo cuidado é pouco. E existem alguns fatores de risco que precisam de atenção especial pra evitar um acidente doméstico. Por isso, a gente conversou com a especialista e mestre em Arquitetura e Urbanismo, Sandra Escridelli, para te mostrar dicas simples que podem contra os perigos para crianças em cada cômodo do seu cantinho.

Cozinha

De acordo com Sandra, a cozinha é o espaço com mais perigos para crianças da casa, já que podem acontecer lesões como queimaduras, intoxicações e cortes. Por isso é importante manter as tomadas elétricas protegidas e os fios sempre recolhidos ou presos, colocar todos os materiais de limpeza em armários altos e trancados e guardar os objetos cortantes em gavetas e armários com travas.

Para esse espaço, escolha um piso antiderrapante. Se isso não for possível, fique de olho para que esteja sempre seco. Também vale evitar tapetes e passadeiras ou usar barras de borrachas no avesso para não escorregarem.

Banheiro

Tome cuidado com cosméticos, medicamentos e aparelhos elétricos ao alcance das crianças: guarde tudo em armários ou gavetas trancados. Use piso e tapetes antiderrapantes, verifique se a fiação elétrica está em bom estado e se as tomadas estão protegidas. No banheiro, o vaso sanitário é um dos maiores perigos para crianças, sendo importante que ele fique sempre fechado e com a tampa travada.

Quartos

As camas devem ter a largura mínima de 0,80 cm e proteções laterais com grades. Mas fique atento: o espaço entre as grades deve ser de 5 a 7 cm, para evitar que a criança fique com a cabeça presa. Os móveis também não devem ter cantos pontiagudos, e sim arredondados.

Na hora de guardar os brinquedos, baús e armários com portas mais acessíveis são uma boa opção para prevenir que as crianças tentem escalar móveis altos. Se você já tiver armários ou cômodas altas, também pode parafusar os móveis na parede por garantia. Instale redes de proteção nas janelas e não coloque nenhum móvel embaixo delas para evitar quedas.

No geral

No restante da casa, seguir algumas dicas de segurança facilita muito a convivência com as crianças. Sandra orienta que os pais coloquem as TVs e outros eletroeletrônicos fora de alcance e evitem móveis de vidro ou pontiagudos.

O piso ideal para as crianças deve ser antiderrapante, o que não significa usar apenas um piso frio. “Hoje existem no mercado pisos vinílicos que simulam madeira, não são escorregadios e de quebra dão ar bem aconchegante à sua casa”, diz a especialista.

Nas paredes, procure usar cores claras e tintas laváveis. Além de trazer um ambiente alegre, são de fácil manutenção. Também tome cuidado com plantas naturais que possam ser tóxicas e, se você tiver escadas em casa, procure usar cancelas de proteção.

….

Agora você já sabe como preparar a casa contra perigos para crianças! E se precisar de uma ajudinha extra, o Seguro Residencial Youse tem uma assistência específica de cuidados para crianças. A gente te ajuda a organizar os móveis, instalar redes e grades de segurança e protetores de tomadas. Faça a sua cotação online agora!