Cuidar de pets: quais cuidados ter dentro de casa?

• por

Cuidar de pets dentro de casa não precisa ser um desafio. É claro, algumas coisas da sua rotina podem mudar. Veja aqui dicas pra manter a organização e limpeza pra deixar a sua residência e o seu melhor amigo numa boa.

Cachorro dentro de casa

Pelos pra todos os lados, xixi no tapete, móveis mastigados… Ninguém disse que ia ser fácil ter um cachorro dentro de casa! O rolinho adesivo será seu melhor aliado pra tirar todos os pelos das suas roupas.

Existem, no entanto, produtos específicos de limpeza: desinfetantes, tapetinhos higiênicos para xixi que impedem o mau cheiro, ou se ele ainda não aprendeu a fazer no lugar certo, também existem produtos para remover o xixi de tapetes e sofás. Sem mistérios!

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Min Ajudam Brasil (@minajudambrasil) em

Será que chamar um treinador pode resolver esses problemas? Depende da idade e da capacidade de aprender do seu cãozinho. Pois é: não espere que ele se torne um lorde inglês, ele é um cachorro afinal de contas. Mas dá pra ensinar a fazer as necessidades no lugar certo, a não ser agressivo com visitas e a não pular no sofá ou na cama.

VEJA+: Transporte de animais: como levar seu pet com segurança dentro do carro

Cuide do seu acãopanhante

Evite deixar objetos no chão. Guarde sapatos, chinelos e meias, carregadores, fios de computador e celular, fones de ouvido, cartões do banco, chaves do carro, coisas pontiagudas como palitinho de churrasco, pregadores de varal, brinquedos dos seus filhos… Acredite, a lista é longa!

Quem tem cachorro sabe que cada um tem seu próprio cheirinho, e dar banho nele toda semana realmente não vai resolver. Por isso, e até por uma questão de saúde e de higiene, evite colocá-lo no chuveiro o tempo todo dentro de casa, tipo no seu box.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Min Ajudam Brasil (@minajudambrasil) em

O ideal é levar em um pet shop uma vez por mês, onde eles podem dar banho direitinho, cortam as unhas e já dão uma olhada pra ver se seu amiguinho está bem.

A dieta também é muito importante para cuidar de pets. Nada de dar comida de gente, mesmo quando ele fizer a carinha mais fofa do mundo! A não ser que você queira criar uma máquina de produzir gases, sempre dê ração de acordo com o biótipo do seu fofolete.

VEJA+: Como funciona a assistência Emergência Pet do seguro online Youse?

Gatos dentro de casa

Ao cuidar de pets, tenha em mente que gatinhos são mais independentes, mas também precisam de cuidados e carinho. As diferenças são que eles se limpam sozinhos, não precisam da sua presença o tempo todo, pois dormem de 12h a 16h por dia, e costumam aprender rápido onde devem fazer as suas necessidades!

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Min Ajudam Brasil (@minajudambrasil) em

É aqui que entra a caixa de areia pra gatos. Eles já têm esse hábito ancestral de esconder seus dejetos para não atrair outros animais, mas sendo domésticos a caixinha é a solução ideal pra quem vive em apartamentos ou quer manter o bichinho dentro de casa integralmente.

Gatos machos ainda têm um plus: eles gostam de marcar território! E cheiro do xixi é bem forte e característico. Você vai precisar trocar a areia da caixinha com frequência!

VEJA+: 5 gadgets para deixar a sua casa inteligente

Limpeza nada miada

Pelos, no entanto, ainda são um problema e – mais uma vez -, você vai precisar do rolinho adesivo. Mas você não estará sozinho na faxina.  

Gatos são excessivamente loucos por limpeza e se lambem grande parte do dia. Justamente por isso, eles engolem uma boa quantidade de pelos e acabam vomitando as famosas “bolas de pelos”.

No entanto, existem maneiras de diminuir esse hábito. Dar rações dedicadas ao tipo e idade de cada gato, escovar o pelo regularmente e deixar água sempre à vista.  

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Min Ajudam Brasil (@minajudambrasil) em

E o banho? Tem que ser no pet shop? A não ser que seu gato tenha pelos muito longos e que façam nó, o ideal é levar apenas uma vez por ano e cortar as unhas toda vez que você observar que estão bem afiadas.

Falando nisso, eles gostam mesmo de afiar as unhas em cadeiras, sofás e poltronas. Mas você pode resolver isso comprando um arranhador.

Muitos veterinários indicam “gatificar” a sua casa, ou seja, deixar caminhos livres para que seu gatinho possa subir e explorar sem derrubar nada no chão. Eles adoram escalar armários e prateleiras. Por isso, reserve um cantinho em que ele possa subir!

Cuidados extras

Seja gato ou cachorro, avalie se a sua casa tem espaço suficiente pra que o bichinho tenha qualidade de vida. Em ambientes menores é indicado ter pets de tamanho equivalente, ou seja, de porte médio a pequeno. Animais maiores precisam de espaço: eles querem brincar, correr e a sua casa também precisa ter ambientes que abriguem esses iti malias, né?  

Os veterinários indicam passear com eles duas vezes ao dia por no mínimo 30 minutos

Se você mora em apartamento, verifique certinho as regras do seu condomínio. De acordo com a lei Nº 2.848/40: o condômino pode manter animais em casa ou apartamento, contanto que a permanência deles não atrapalhe ou coloque em risco a vida de outros moradores.

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Min Ajudam Brasil (@minajudambrasil) em

Imagem ilustrativa

Serviço Cão & Gato

A Youse oferece o serviço Cão & Gato dentro do Seguro Residencial, que inclui transporte e tratamento de emergência, agendamento de consultas, vacinação em casa e hospedagem, entre outros serviços.

Saber mais
Youse - Caixa Seguradora