Tudo o que um pai de pet de primeira viagem precisa saber

Com essas dicas vai ficar facinho cuidar do seu novo melhor amigo!

• por
Imagem: GettyImages

Um animalzinho de estimação é uma companhia e tanto, ainda mais durante esse tempo que a gente precisa ficar mais em casa, né? Se você decidiu ter um bichinho pra chamar de seu e se tornar um pai de pet depois de passar horas vendo vídeos fofos na internet, essas dicas são pra você! 🙂

Saiba+: Cuidados com a vacinação contra raiva para pets

Saiba+: Cuidar de pets: quais cuidados ter dentro de casa?

5 dicas para um pai de pet de primeira viagem 

Dê match com seu bichinho

Na hora de escolher qual vai ser seu animalzinho, é importante refletir sobre qual tem mais a ver com o seu perfil. Se você é mais agitado e ativo, um cachorro brincalhão tem tudo a ver. Se você é mais caseiro, com certeza vai amar ter um gatinho! Ah, e também tem outros tipos de pets, como tartaruga, porquinho da Índia e coelho. Se você gosta mais de curtir a noite, um furão pode ser uma ótima companhia, já que eles passam a maior parte do dia dormindo e ficam ativos mais tarde. Fique tranquilo, com certeza você vai se identificar com algum! 

Lar, doce lar

Além de dar match com a sua personalidade, é importante que o perfil do pet seja adequado ao perfil dos outros moradores e também à rotina da casa. Falando nisso, não se esqueça que ele vai fazer parte da sua família por muitos e muitos anos, então reflita se você pode assumir esse compromisso, combinado? Ah, e nem precisa dizer que você também precisa garantir que o seu novo bichinho tenha espaço e toda a estrutura necessária pra viver tranquilo e feliz 🙂

Não compre, adote! 

É claro que existem lugares de confiança onde você pode comprar um animalzinho, mas já pensou que legal seria dar um lar pra um bichinho sem dono? Hoje em dia existem várias formas super fáceis de adotar, como em sites de ONGs e em feiras de adoção. Você ganha um melhor amigo e ainda faz uma boa ação! <3

Capriche no nome

Na hora de escolher o nome do seu novo amigo, tente não adotar nada próximo de comandos importantes, como “não”, “sim”, “senta”, “fora” e “fique”, porque isso pode acabar confundindo o bichinho. Prefira nomes curtos e fáceis de pronunciar – ele deve entender que aquele é o nome dele e não um comando. Se o seu pet for sair de casa de vez em quando, jamais deixe-o sem uma plaquinha de identificação com telefone para contato, tá?

Assuma a responsa!

No dia a dia, a responsabilidade de pai de pet é toda sua. Tem que checar se o bichinho tem comida, água, se as áreas que ele utiliza estão limpinhas e se as idas ao veterinário e as vacinas estão em dia. Outra coisa bem importante é analisar as particularidades de cada bichinho. Se você adotar um cachorro, por exemplo, saiba que vai precisar desempenhar a figura de “líder” pra educá-lo a não desenvolver maus comportamentos, como morder seus sapatos ou tentar pegar a comida da mesa. Se for um gato, é mais fácil: você só precisa providenciar uma caixinha de areia e o resto ele faz tudo sozinho. Independência é com ele mesmo! 

Tenha uma rede de apoio

Sim, você tem algumas responsabilidades a partir de agora, mas isso não significa que precisa passar perrengue sozinho, combinado? Pra poder dividir suas dúvidas e experiências, tenha sempre um ou mais amigos que te apoiem nessa jornada de pai de pet – de preferência, alguém apaixonadíssimo por animais. Assim, quando você precisar viajar ou de qualquer tipo de ajuda, vai ter um ombro amigo pra se apoiar!

E de apoio a Youse entende muito bem! Quando o assunto é pet, a nossa assistência Cão&Gato do Seguro Residencial é perfeita. E não é exagero, não. Se você precisar vacinar seu animalzinho, com a nossa assistência dá pra fazer isso sem sair de casa. É só ligar pra gente que a um profissional de uma clínica credenciada vai até você! Demais, né? E não é só isso: a gente te dá várias informações veterinárias e muitas dicas de pet shops, spas caninos, hotéis, adestramento, reiki, laboratórios, convênios, produtos, farmácias e muito mais. 

E aí, pai de pet, tá esperando o que pra deixar tudo numa boa com a assistência Cão&Gato do Seguro Residencial? Você pode usar esse serviço quantas vezes precisar, 24 horas por dia, 7 dias da semana! 🙂 É só clicar em “Seguro Residencial” no nosso app, responder algumas perguntas sobre o seu perfil e escolher as melhores coberturas e assistências. Isso tudo direto no celular! Fácil, né? A gente já tá aqui a postos pra te ajudar!