Novembro Azul: entenda a importância dessa data

A Youse convidou o urologista Victor Srougi pra falar sobre o assunto, vem aprender com a gente!

• por
Imagem: GettyImages

Aqui na Youse a gente quer que você ouse e viva intensamente. Mas, pra isso acontecer, é sempre bom saber se tá tudo certo com a nossa saúde, né? Nesse Novembro Azul, a gente convidou o médico urologista do Hospital Moriah, Victor Srougi, pra falar sobre prevenção e alguns preconceitos que cercam o câncer de próstata, dá só uma olhada! 🙂

Saiba+: #SeguraPraViver: quatro histórias que vão te inspirar no Outubro Rosa

Saiba+: #OuseAmar: o amor projetado na cidade

Entenda o Novembro Azul

Todo ano, a campanha do Novembro Azul busca alertar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Esse câncer é o mais comum entre os homens, representando 29% dos diagnósticos da doença no país. Dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam para 65.840 novos casos de câncer de próstata a cada ano. 

Em 2020, a campanha se tornou ainda mais importante, já que, de acordo com a Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica), houve uma redução de 34,6% no número de exames para diagnósticos da doença devido à pandemia. A gente sabe que o momento é de ficar em casa, mas é importante manter os exames em dia, seguindo todas as medidas de segurança, tá? Pode ficar tranquilo que os laboratórios estão preparados pra te receber numa boa!

Causas e prevenção

Não existe uma causa específica para o câncer de próstata, mas alguns fatores de risco podem deixar uma pessoa mais propensa a desenvolvê-lo. “Geralmente, a doença atinge homens na faixa dos 65 anos e que possuem histórico de câncer na família”, explica Srougi. Segundo o Ministério da Saúde, a doença pode não apresentar sintomas se estiver em estágio inicial, mas, em estágios mais avançados, pode provocar dor ao urinar, sangue na urina e dormência nas pernas e nos pés.

Por não existir uma causa muito clara para a doença, e nem sintomas exclusivos, é fundamental realizar os exames anualmente a partir dos 45 anos. Caso haja algum caso na família, esse check up deve começar aos 40. “Não adianta fazer apenas exames de sangue, é preciso realizar o exame de toque também”, afirma o médico. 

Ainda hoje existe um grande tabu em torno do exame de toque, mas é preciso passar por cima disso e ter coragem de encarar o médico, combinado? “Existe uma ideia de que o homem vai perder a masculinidade com esse exame, mas isso precisa ser ultrapassado”, diz Srougi. Por mais desconfortável que pareça ser, é um exame simples, rápido e indolor. E aí vai um dado animador: 85% dos homens que recebem diagnóstico cedo são curados. Que tal ter ousadia pra fazer o check up? Então, bora fazer o exame nesse Novembro Azul! 

Ah, e vale dizer: uma boa alimentação, a realização de exercícios físicos regulares e a diminuição do consumo de gordura animal e do uso de cigarro também ajudam, e muito, a manter a doença bem longe, viu? “A alimentação tem influência direta nos casos de câncer de próstata. No Oriente, por exemplo, onde o consumo de carne é significamente inferior ao consumo no Ocidente, os homens têm 30 vezes menos chances de desenvolver a doença”, ressalta.

Que nesse Novembro Azul você possa ter ousadia para colocar a saúde em primeiro lugar! Por aqui, a gente fica sempre a postos pra passar informações importantes pra você ousar viver muito melhor! 🙂