Open Insurance: saiba mais sobre as três fases de implementação do sistema

Novo modelo de negócio surge para melhorar ainda mais a oferta de produtos e serviços, além de deixar o consumidor ainda mais numa boa

• por
Foto: GettyImage

Imagina só receber ofertas personalizadas das seguradoras nacionais focadas no que você busca, e o melhor, poder escolher quais os serviços você quer? Esta é a ideia do Open Insurance, ou Sistema de Seguros Aberto. Com a implementação deste modelo de negócio ousado, você poderá compartilhar as suas informações com as seguradoras do seu jeito. Assim, o mercado ficará mais competitivo, e quem se dá bem nesta história é você! Diz aí se não é uma baita notícia pro fim de ano? 😀

Saiba+: https://start.youse.com.br/universo-youse/o-que-e-e-como-funciona-o-open-insurance

Saiba+: https://start.youse.com.br/universo-youse/3-motivos-para-escolher-um-seguro-youse

E pode ficar numa boa, porque é você quem decide com qual seguradora quer compartilhar suas informações. Além disso, é tudo muito seguro. Confia! Mas aguenta a ansiedade aí, que o Open Insurance será implementado em três etapas. E é exatamente sobre isto que vamos falar agora. Afinal de contas, você precisa estar por dentro de tudo. Se liga!

Fase 1 – Seguradoras compartilham seus dados 

Chamado de Open Data, este primeiro passo será feito com a ajuda das próprias seguradoras. As empresas terão que compartilhar os dados dos seus canais de atendimento, além, claro, dos produtos e serviços que oferecem aos consumidores. Tudo isso deve ser disponibilizado de forma padronizada. 

Mas, de acordo com informações do site Open Insurance Brasil, a gente já sai ganhando nesta etapa. Isto porque, já podem surgir algumas comparações entre produtos e serviços financeiros de cada uma das seguradoras. Ou seja, a gente conseguirá escolher as soluções que mais têm a ver com o que queremos. É autonomia que chama, né? 

E, fique de olho, porque a fase 1 já teve início em dezembro deste ano e se encerrará em junho de 2022.

Fase 2 – É hora de você compartilhar

Sabe aquela famosa frase: “os humilhados serão exaltados”? Então, é chegada a hora! Na segunda etapa do Open Insurance, os clientes poderão compartilhar seus dados com as seguradoras que quiserem. É isso aí! É você quem toma as decisões. Tudo na palma da sua mão e com o seu consentimento. 😉 

Aí, com estes dados no sistema, as empresas de seguros poderão ofertar novos produtos e serviços mais personalizados e de acordo com o que você, de fato, necessita. E a previsão para começar esta fase é: setembro do ano que vem até junho de 2023.

Fase 3 – Compartilhamento de serviços

A partir de dezembro do ano que vem, os consumidores que aceitarem compartilhar suas informações, poderão ter acesso, de fato, aos serviços, e assim, fazer a contratação. Ou seja, é neste momento que o Open Insurance começa a funcionar de verdade. Além disso, a partir do aceite do cliente em compartilhar os dados pessoais, ele pode fazer a portabilidade entre as seguradoras. Olha que legal! A ideia é que a implementação desta fase termine em junho de 2023, junto com a segunda etapa. E aí, meu caro leitor, é só alegria! 

Viu só como o Open Insurance veio para descomplicar a nossa vida ao deixar o mercado de seguros mais competitivo e com o poder de oferecer produtos e serviços mais ousados? Tudo o que a gente gosta, vai dizer? 😀

 

E #fiqueligado aqui no Start que traremos mais novidades sobre o Sistema de Seguros Aberto. Aliás, sabia que quem é Youser já tem como vantagem um produto 100% digital? E tem mais: a Youse já saiu na frente desde o seu nascimento. Afinal de contas, é você quem escolhe quais serviços quer inserir em seu Seguro. É tudo do seu jeito. 😀