A revolução dos meios de pagamentos digitais

QR Code, PIX, e outras modalidades online que vieram pra quitar os boletinhos sem complicações

• por
Imagem: Getty Images

Você já ficou sem comprar um docinho na hora do almoço porque esqueceu a carteira no escritório? Ou então deixou de vender seu brigadeiro feito em casa por não ter uma maquininha de cartão? Sem crise! Os meios de pagamento digitais revolucionaram as dinâmicas do mercado pra ninguém mais passar aperto na hora de fazer uma transação. Se você tá com o celular no bolso, pode ficar numa boa que a conta fecha. 🙂

Além de servir pra gente trocar mensagens com os amigos, dar um like nas publicações nas redes sociais e calcular o melhor trajeto pro trabalho, o dispositivo móvel vem cada vez mais tomando o lugar da tradicional carteira onde a gente guardava cédulas e folhas de cheque. #Nostalgia.

Leia + Tudo o que você precisa saber sobre o PIX na Youse
Leia + Conheça as diferentes formas de pagamento do Seguro Auto

Tá pago

Os apps das instituições financeiras já aliviaram um bocado ao tirarem a gente da espera pelo atendimento nas agências físicas. Pelo Internet Banking dá pra resolver diversas pendências como pagar boletos, agendar as contas no débito automático, quitar impostos, transferir o dinheiro do aluguel e, se restar alguma dúvida, chamar seu gerente pelo chat. 

Quer fazer uma comprinha online e prefere não expor os dados do cartão? Muitos bancos, dos convencionais aos que nasceram e vivem na internet, também já adotaram o modelo de cartão virtual, uma função que gera códigos temporários pra você arrematar o look #HomeOffice com tranquilidade. 

Sem dia, hora, nem lugar

E se você ia até o caixa eletrônico pra depositar um valor pra alguém que não tinha conta no mesmo lugar que o seu, isso é coisa do passado! O PIX, que o Banco Central pôs pra rodar em 2020, quebrou esse galho: em segundos o dinheiro tá na conta. 😉 

Antes disso, já fomos surpreendidos com a possibilidade de pagar o dogão numa lanchonete, fechar a diária em um hotel, ou mesmo recarregar o bilhete único do transporte público só encostando o celular nas maquininhas de cartão. Garçom, traz a conta!

Tudo graças a tecnologias como a Near Field Communication (NFC) e a Magnetic Secure Transmission (MST), que vêm na forma de um chip no celular pra fazer e acontecer a mágica por aproximação direto de uma conta ou carteira digital. 

Diga “xis” para a revolução dos meios de pagamento digitais

Inclusive, se multiplicam as opções de “e-wallet”, como é chamada essa alternativa segura, inovadora e econômica de guardar seus dados de cartão e fazer transações. São serviços como PagSeguro, PicPay, Mercado Pago e PayPal, que às vezes funcionam no modo pré-pago, colocando dinheiro pra usar, e podem não ser vinculadas a bancos. Dá pra usar em comércios físicos, online, em lojas de aplicativo, com criptomoedas, pra recarregar o celular e também garantir sua passagem de metrô.  

As versões mais modernas de carteiras digitais têm ainda a opção de pagar por QR Code. Você reparou que ele veio pra ficar, né? Além de pipocar em muitas lives pelo YouTube, ou em ações de marketing em reality shows nos redirecionando pra links de produtos, também podemos usar essa modalidade de fotografar um código estilizado apontando a câmera do celular pra pagar e receber. O “contactless”, afinal, tá com tudo! 

Manda um zap

Os dias estão mesmo contados pra quem já lançou um “paga pra mim que eu te pago depois”. Tá cada vez mais difícil arranjar aquela desculpinha do “esqueci minha carteira” pros amigos embolsarem a conta do almoço. #NãoAceitamosFiado.

Aliás, aproveita que já tá falando pelo zap sobre uma grana que tá devendo pra um colega e não saia da conversa: o Banco Central já deu o ok para o aplicativo de mensagens instantâneas ser um iniciador de pagamentos aqui no Brasil. Com WhatsApp Pay é só cadastrar o cartão de uma bandeira autorizada e pronto, pode ser feita a transferência entre usuários. Por enquanto é pra pessoa física, mas a ideia é que no futuro você pague pelo próprio app os orgânicos que pediu pro sacolão do bairro entregar. Prático, né?

Se você já aderiu ou tá pensando em entrar pra essa tendência de segurança, praticidade, economia e conveniência que a revolução dos meios de pagamentos digitais trouxe, também é fácil e rápido fazer a troca do cartão de crédito pelo app da Youse. É só escolher a apólice que você quer alterar e, em segundos, a troca tá feita. Tudo 100% digital. 😉