Como é o seguro para carros novos e para veículos usados?

Tudo o que protege um, também vale pro outro, mas existem serviços mais interessantes para cada caso

• por
Imagem: Getty Images

Se você acabou de pegar um carro, seja ele novo ou usado, ou mesmo se já tem um veículo há um tempinho, mas ainda não conta com nenhuma cobertura, contratar uma seguradora de confiança é um dos passos principais pra garantir que sua conquista esteja devidamente protegida.

E tem diferença no seguro? Em geral, as coberturas que atendem carros usados são as mesmas que vão assegurar aquele que você acabou de tirar da concessionária – especialmente em tipos de seguro onde você consegue montar o combo que atende ao que você precisa.  😉

Leia + Como checar o histórico de um carro usado antes de comprar

Leia + Carro novo ou usado: o que avaliar na hora da compra

A necessidade faz a conta

É comum a gente ouvir por aí que os carros novos costumam ter o preço do seguro mais barato do que o valor do seguro de carros usados, porque a chance de precisar de uma ajudinha extra é menor.

Mas existem alguns serviços que são preferidos, mais úteis e até mais adequados pra cada tipo de usuário e que, contratados conforme cabe na rotina e necessidade, não pesam nadinha no bolso.

Tinta fresca

Por exemplo: se o carro é zero, todo cuidado é pouco, e vale investir numa cobertura total pra manter a caranga novinha em folha pelo maior tempo possível. 

Não à toa o Seguro Auto Completo da Youse é queridinho dos motoristas de carro novo, que têm a garantia de proteção pra colisão, incêndio e roubo, tanto pra indenizações parciais, quanto integrais. A Assistência Reparos Completos também é bastante procurada nesse quesito, porque considera os vidros, faróis, lanternas, riscos e pequenos amassados. 

E, vamos combinar, pra um carro zero é ainda mais importante reparar e recuperar o veículo recém-comprado, né? A Assistência Reparos na Lataria também ajuda a manter os cuidados em dia, e é muito ampla e fácil de usar (não precisa acionar nenhuma cobertura para o conserto do veículo). Quem aqui quer andar mal arrumado, não é mesmo?

Enquanto isso, mesmo guardadinho dentro de casa, a Assistência Garagem, que é do seguro Residencial, certifica que nem a parede, nem o parachoque, fiquem no “prejú” caso se esbarrem por aí. 

Nada de ir de táxi

E por mais que sejam os motoristas de carro zero os que mais estão de olho nas Assistências Carro Reserva e Leva e Traz – inclusive porque o serviço é uma mão na roda na hora de levar o veículo pras revisões, que são mais certinhas nos primeiros anos do carro -, quem é dono e proprietário de um automóvel usado também não quer ficar a pé, certo? 

Talvez por isso este seja o perfil que mais busque a Assistência Reboque, que também garante o resgate do carro caso o motor ou algum outro componente peça uma forcinha extra. Aliás, se o carro já rodou alguns bons quilômetros por essa longa estrada da vida, vale mesmo uma atenção redobrada à mecânica. 

Me diga como tu andas…

Principalmente na hora de pegar um carro usado, é ainda mais importante fazer um check up completo tanto na carroceria, quanto na documentação. A assistência Histórico Veicular ajuda quem está em dúvida na hora de levar pra casa aquele modelo seminovo. Isto porque o serviço recupera todas as informações sobre o seu futuro carrão – registro de seguros acionados, documentos pendentes, ocorrências e tudo mais o que você precisar saber, tá lá.

Na ponta do lápis

Assim, proteção completa mesmo é aquela que atende ao que você precisa, não importa se é dono de um carro usado ou se acabou de pegar as chaves de um veículo novinho. Se o valor do seguro é uma informação decisiva na hora de fechar um negócio, faça simulações, compare as coberturas, e não pense duas vezes antes de falar com um corretor pra tirar todas as suas dúvidas e pegar ainda mais dicas. 😉

 

E na Youse essa simulação é direto pelo app – aliás, todo o processo, da contratação ao momento de fechar o combo #TipoVc, é 100% online. E você coloca na conta só aquilo que vai usar, pra sair com o carro por aí e ficar numa boa com todo o resto.