Como escolher o seguro do primeiro carro

Ralou muito e conseguiu comprar seu primeiro automóvel? Tá na hora de ficar numa boa

• por

Acabou de comprar o seu primeiro carro e tá resolvendo todos os corres antes de tirá-lo da garagem? Primeiramente, parabéns pela conquista! Com todos os documentos em dia, apostar em um seguro de confiança é um dos primeiros passos pra garantir que seu sonho (e investimento) esteja sã e salvo.

Uma das poucas certezas que existem na vida é que a Lei de Murphy quase nunca falha (rs). Então, sem adiar a sua segurança e a de todo mundo em volta!

Leia + Verdades e mentiras sobre Seguros

Leia + Quebrei a chave de ignição: a assistência chaveiro do Seguro Auto cobre?

Numa boa

Deixar o automóvel nas mãos de uma seguradora vai te livrar de preocupações pra poder viver a vida sem tempo ruim ;-). As pequenas parcelas mês a mês garantem que, em caso de prejuízo maior, a conta feche e não rasgue seu bolso.

No trânsito, dirigir pelos outros é uma das regras número um das autoescolas. Mas, quando as coisas fogem do nosso controle, melhor prevenir do que remediar, né?

Motorista de primeira viagem

Não é nem preciso dizer que se o carro é zero, todo cuidado é pouco, certo? Se a gente já tenta tirar toda e qualquer sujeirinha do capô pra não manchar, os amassadinhos na lataria não passarão! Tem que ter paciência se você tá começando, e deixar na mão de quem entende.

Quando você é motorista de primeira viagem, é importante considerar a inexperiência e assumir que só mesmo a prática leva à perfeição. Com menos tempo de estrada, as manhas do trânsito podem pegar de surpresa, e se de repente acontecer de você mudar de faixa e não notar outra pessoa no seu ponto cego, é possível que o seguro assuma não só os reparos nesse outro veículo, mas as despesas de uma eventual visita aos médicos. 

Pra consertar o seu, é só acertar o valor da franquia, que é bem mais em conta do que quitar na integralidade à oficina, e pode até ser feita sob medida, como acontece na Youse, em que esse valor de acionamento da cobertura é totalmente personalizável. Inclusive, caso não pretenda sair pilotando todo dia logo de cara, dá uma olhada no Seguro Auto por KM Rodado. Você só paga um valor fixo mais o quanto rodar, o que compensa bastante se tá intercalando com bike ou busão, ou se ainda não tá a fim de tirar o carro da garagem todo dia.

Junto se vai mais longe

O quanto você vai precisar do carro também é um fator que conta. Caso você tenha decidido investir num automóvel pra viajar mais longe, vale pensar numa assistência que envolva guinchos pra quilometragens mais distantes – com a Youse, você escolhe se você quer pra até 100, 200 ou 400 km, ou mesmo se quer deixar a distância ilimitada. O reboque precisou esticar a viagem? Fica frio, depois você acerta a diferença. Assim, se você ficar sem bateria, ou furar o pneu no meio da Serra pro litoral, sem desespero: a seguradora faz o leva e traz. 

Mesmo se você ainda vai dividir o automóvel com os pais, dá pra colocar mais uma pessoa na roda e garantir a segurança de todos (#FamíliaUnida).

Sem falar nos programas de pontos que juntam a galera na hora a se conscientizar pra uma direção mais consciente. No Youse Friends, por exemplo, você pode se unir a um grupo de amigos Yousers que também são feras na direção e, mensalmente, acumular pontos que você troca por dinheiro toda vez que não precisar acionar o seguro (assistências não contam). Bacana, né?  

Então, como escolher?

Antes de tudo, você deve pensar como vai ser seu dia a dia no volante – o quanto pretende rodar, se vai dividir a direção, quais são as situações que podem estar no seu itinerário. É preciso considerar também como estão as contas pra calcular o quanto você pode investir. Depois, dividir suas informações pessoais com uma seguradora de confiança pra entender qual tipo de motorista você é. Quanto mais personalizáveis as opções, mais garantido será dar um destino adequado à sua grana.

No Seguro Auto da Youse, é possível fazer esse ajuste da cobertura ao seu perfil sem comprometer nem finanças, nem segurança. Além de proteção contra danos ao seu carro e ao de terceiros, eventos da natureza e despesas hospitalares, dá pra ficar numa boa contra roubo, furto e incêndio, por exemplo.

As franquias, enquanto isso, variam entre básicas, ampliadas, reduzidas e até mesmo isentas, e jogam nas suas mãos ou nas da seguradora a responsabilidade por arcar com mais ou menos grana em caso de sinistro – dá pra economizar com a taxa mensal, caso você assuma a parcela maior da conta, ou não tenha precisado de ajuda também, com as políticas de bônus que dão um alívio pro seu bolso.

Tão fácil quanto montar um lanche, vai! Pelo app da Youse, em poucos cliques você escolhe todas as coberturas e assistências Seguro Auto que combinam com você. Assim, dá pra criar um pacote #tipovc só com o que se encaixa no seu dia a dia, e nada de pagar por aquilo que não vai usar. Quer mais? É tudo 100% digital, na palma da sua mão. 😉