Dicas para um consumo consciente e uma vida mais sustentável

Práticas que você pode adotar no seu dia a dia para viver numa boa com a natureza

• por
Imagem: Getty Images

“Reduzir”, “Reutilizar”, “Reciclar” e “Repensar” fazem parte das regras não-ditas de boa convivência com a natureza. Já na escola, aprendemos que os quatro “R” da sustentabilidade são os pilares dos cuidados com o planeta que habitamos.

Mesmo que os incentivos às compras pipoquem a todo tempo no virtual e no offline, existem algumas maneiras simples, mas muito eficazes, de viver uma vida mais sustentável e fazer escolhas que redirecionem nossos costumes do dia a dia.

E os hábitos de consumo consciente também podem ser positivos pro corpo, pra mente, e pra economia. 🙂

Leia + Conheça estilos de vida alternativos pra sair da casinha

Leia + Por uma mobilidade urbana mais sustentável

 

  1. Direto do campo

Fazer as compras do mês na feira do bairro, ou encomendar uma cesta de legumes de um produtor local, faz bem pra saúde, porque, em geral, são alimentos fresquinhos e orgânicos, mas também é ótimo para o meio ambiente.

A produção de alimentos que está próxima de você percorre um trajeto muito menor até chegar à sua mesa, ou seja, é muito menos poluente à natureza.

E além de estreitar laços com quem frequenta a região onde você mora, o contato direto com famílias de agricultores também possibilita conhecer melhor a origem do que você põe no prato, e ajuda a girar a economia entre pequenos produtores. Só coisa boa!

  1. De grão em grão

Outra opção sustentável são os produtos a granel. A possibilidade de escolher o quanto você quer de farinha, ou comprar somente a quantidade suficiente de arroz de risoto para aquele prato específico que quer preparar, faz com que nada fique estragando no fundo do armário. Fora que sai mais barato, né?

Além de ajudar a evitar o desperdício de alimento, as compras a granel são ótimas na redução do uso de descartáveis. Você pode reaproveitar alguma embalagem existente, ou mesmo usar potes de vidro pra levar pra casa sementes, temperos e ervas.

  1. Um lixo a menos 

Repensar embalagens, aliás, também ajuda bastante a viver numa boa com o ambiente. Em vez de destacar um saquinho para cada mexerica ou cacho de banana que pegar do sacolão, pode colocar tudo direto na cesta, até porque muitas das frutas já vêm em uma embalagem natural. 😊

Na hora de passar no caixa, as sacolas reutilizáveis são velhas conhecidas. Elas existem em diversos materiais, de TNT a lona, e na maioria das vezes são resistentes mesmo ao transporte de itens pesados. Se já sabe que vai dar uma passadinha no mercado na volta pra casa, deixa a ecobag na mochila! 

  1. Tudo se transforma

Falando nisso, você já escutou em casa alguém dizendo que é pecado desperdiçar comida? Então não vai desobedecer os mais velhos!

Os resíduos de matéria orgânica como cascas, sementes, ervas e até aquela maçã que você deixou pra comer depois e escureceu podem se transformar em um adubo vegetal super rico. Borra e filtro de café, além de sachês de chás sem a etiquetinha, também podem ir direto pra composteira.

A restrição fica apenas com os cítricos, as carnes, óleos e gorduras, e tudo o que for líquido. Pimenta também nem pensar, certo?

E caso você não queira gastar muito pra ter o seu fertilizante orgânico, dá pra montar todo esquema em casa mesmo: é preciso, principalmente, três caixa de plástico – ou podem ser galões de água – e um pouco de minhoca, que dá pra conseguir em grupos de troca em redes sociais, por exemplo.

  1. Da água pro vinho

Ah, e a água que você usou pra cozinhar a batata do purê não precisa ir pro ralo. Se não for guardar pra preparar um delicioso caldo de legumes, ela pode ser reaproveitada pra regar plantas!

O mesmo acontece com aquela máquina cheia de roupa que você bateu no fim de semana, ou com os litros que caíram do chuveiro enquanto esperava a temperatura certa: economize a água pra usar lavando o quintal, ou deixar em dia o brilho do pneu do carro.

  1. Faça você mesmo

Agora, se você está realmente disposto a se aventurar nos experimentos caseiros pra reeducar os seus hábitos de consumo, vale dar uma chance aos produtos de higiene e limpeza feitos com ingredientes da cozinha.

Além de dispensarem as embalagens, os multiuso de vinagre e bicarbonato, por exemplo, são uma alternativa mais natural para os cuidados com a casa, e podem pesar bem menos no bolso.

  1. Destino certo

Aí, o que você não for mais usar, precisa ganhar um novo rumo, seja com novos donos, ou com um descarte apropriado do material. Não dá pra deixar a casa bagunçada!

Pra isso, a Youse te ajuda a descartar os móveis ou os equipamentos que você quer passar pra frente. A assistência Sustentabilidade do Seguro de Vida vai até você, recolhe o sofá antigo que você não quer mais, ou a geladeira que pifou e não tem conserto, e direciona tudo para o melhor destino – doação, reaproveitamento de matéria-prima ou aterros, por exemplo.

Você pode acompanhar todo o trajeto pelo celular, porque a Youse é um seguro 100% digital. 😉