#ModoCasa: como fazer uma compra consciente no mercado

Para fazer as compras da semana ou do mês, a dica é priorizar o que é essencial e praticar, mais do que nunca, o consumo consciente

• por
Imagem: GettyImages

Pra ficar em casa numa boa, é super importante manter a despensa em dia. Mas não é porque você vai ficar sem sair pelos próximos dias que precisa estocar alimentos ou produtos de limpeza. A hora agora é de pensar no coletivo e praticar a compra consciente! Para ajudar quem não está acostumado a fazer compras pra casa – ou pra quem está, mas precisa de algumas dicas pra esse momento -, a gente resolveu dar uma mãozinha e montar uma lista de alguns itens que vão ajudar a manter sua rotina em ordem, evitando que você compre mais que o necessário.

Ah, vale lembrar que nosso cálculo foi feito pensando no consumo mensal de uma família de quatro pessoas, tá? Você pode optar por fazer a compra por mês ou por semana, como preferir, é só adequar a quantidade à sua realidade! Olha só:

Saiba+: #ModoCasa: 15 dicas pra ficar em casa numa boa
Saiba+: #ModoCasa: como entreter as crianças?

Dicas para fazer uma compra consciente no supermercado

Carnes, ovos e laticínios

Uma dica interessante para calcular a quantidade desses alimentos é se inspirar em uma cesta básica. Ela geralmente contém seis quilos de carne, sete caixas de leite e uma dúzia de ovos. Iogurtes também são bons itens para se ter na geladeira – três garrafas de um litro já são suficientes.

Arroz e feijão

Essa dupla jamais podem faltar na mesa do brasileiro. Você pode comprar um pacote de cinco quilos de arroz e dois pacotes de dois quilos de feijão. 

Produtos industrializados

A regra, aqui, é não exagerar. Faça a compra consciente pensando nos itens que tem costume de consumir no dia a dia. Nossa sugestão: um pacote de 500 gramas de café, uma garrafa de de 900 ml de óleo vegetal (de girassol, gérmen de trigo, milho ou canola), dois pacotes de um quilo de açúcar, um pacote de um quilo de sal, dois pacotes de 500 gramas de macarrão, quatro pacotes de molho de tomate e quatro pacotes de pão de forma. A quantidade de bolachas, chocolates e produtos embutidos fica a critério de cada família.

Se o orçamento não permitir, você pode fazer compras de 15 em 15 dias!

Verduras, legumes, raízes, castanhas e leguminosas 

Esse item também fica a critério de cada família. Em média, o ideal seria comprar seis quilos de batata, quatro quilos de tomate e quatro dúzias de banana. Para reforçar a imunidade, compre vegetais verdes escuros (brócolis, couve, rúcula e espinafre, por exemplo), frutas cítricas (como laranja, acerola e kiwi), castanha-do-Pará, pimenta, pimentão, alho, cenoura, cebola, lentilha, ervilha e grão-de-bico. Só lembre-se de que as folhas duram, no máximo, cinco dias na geladeira.

Cogumelos

Outro grande aliado ao combate da baixa imunidade é o cogumelo – principalmente se você fizer parte do time dos vegetarianos. Aqui, vale qualquer tipo: Paris, Portobello, shitake, shimeji… A dica é comprar o tipo e a quantidade de acordo com a receita!

Ração para pets

Também tem compra consciente para os pets, sim! Para garantir a alimentação do seu bichinho, gato ou cachorro, o melhor é comprar um pacote de 10 quilos. Assim, você consegue passar um bom tempo sem se preocupar com isso.

Produtos de higiene 

Nesse caso, a conta é mais simples, já que a maioria das embalagens é para uso mensal. Então, vale só fazer aquele check e ver se não tá faltando nada: shampoo, condicionador, creme dental, fio dental, absorvente e cotonete. A quantidade de sabonetes pode variar, mas pense em quatro ou cinco. Se tiver um recém-nascido em casa, é importante reforçar o número de fraldas, algodões, lenços umedecidos e cremes antiassaduras. Ah, e nada de estocar papel higiênico, combinado? Compre apenas o necessário para o mês.

Produtos de limpeza

Em tempos de quarentena, manter a casa limpa é essencial. Todos os produtos de limpeza rendem mais que 30 dias, então pode comprar no supermercado apenas uma unidade de cada: desinfetante, amaciante, sabão em pó, água sanitária, limpador multiuso, detergente, álcool e um pacote com sacos de lixo. Se tiver gatos em casa, um pacote de areia tá de bom tamanho.

Para evitar aglomerações, muitas redes estão trabalhando em horários diferenciados. Então, cheque como está o funcionamento do mercado mais próximo da sua casa e, se possível, opte por comprar em mercadinhos locais e feiras. Pensando no bem estar coletivo, muitos lugares estão limitando a quantidade de produtos por pessoa. 

Se essa já for uma prática adotada no seu mercado, ótimo, se não, já sabe: pratique a compra consciente!

E pra conferir outras dicas legais pra sua casa e saber mais sobre o nosso movimento #ModoCasa, acesse a nossa página #ModoCasa e veja todas as novidades que estamos preparando. E, não esqueça: mesmo à distância, a gente continua 100% online com vc!